image1 image2 image3

AQUANIMAL |SEJA BEM VINDO|AO BLOG MAIS ANIMAL DA INTERNET| ACOMPANHE NOSSAS NOVIDADES

Quais peixes devo escolher?




Por mais frustrante que possa parecer, se você é inexperiente com aquários e está iniciando no hobbie, deverá realmente optar por espécies de peixes mais Resistentes. As que não são agressivas em primeiro lugar, o temperamento de seu hóspede poderá deixar você de cabelos em pé, isso pois existem peixes territoriais e agressivos.
Dificilmente seu primeiro peixe vai se alimentar prontamente com a nova ração comprada e se aclimatar para a maioria dos tipos de água. Portanto escolher peixes mais resistentes e que se adaptem a uma faixa maior de temperatura pode ajudar. Em alguns testes Platis e Danios têm se mostrado mais resistentes que Kinguios.

A vantagem de manter peixes mais resistentes inicialmente é que você poderá acostumá-los com a nova ração comprada e possíveis mudanças de água, e não vai acabar com um desastre se no início os seus métodos e cuidados ainda não são tão experientes.

Seu primeiro peixe deve ser capaz de suportar as flutuações da qualidade da água, comum em novos aquários e resistir a doenças causadas pelo estresse. Igualmente importantes são os atributos comportamentais; Raças Pacíficas são muitas vezes melhor para sociabilização.
Um fator frequentemente negligenciado é a capacidade do peixe de se adaptar a novos ambientes, não em termos de condições de água, mas simplesmente o tipo de decoração e a população atual de peixes.
Alguns peixes, especialmente os peixes grandes ou ativos, irão preferir um aquário com pouca decoração ou mesmo sem nenhuma. Outros peixes podem achar o ambiente angustiante e apesar da qualidade perfeita da água, podem procurar por abrigos tentando se esconder e se o ambiente não proporcionar conforto, logo ele irá parar de se alimentar e sucumbir às doenças. Muitos peixes usam o fato de que há outros peixes no aquário como um sinal de que o ambiente é seguro, portanto sentindo-se confortáveis em cardumes. Assim, uma boa primeira espécie de peixe seria aquela que é independente, resistente a doenças, sociável, adaptável, ativa e confiante.

Vamos falar sobre algumas espécies?

Neons são lindos peixes, mas eles tendem a serem tímidos e sensíveis às condições flutuantes da água, além de serem propensos a problemas de doença em novos aquários. Um bem estabelecido cardume de neons pode viver por muitos anos, mas se introduzido muito cedo, infelizmente podem não resistir. Tetras também é uma espécie tímida como primeiro peixe para novos aquários, ao menos que sejam introduzidos em grandes cardumes de dez ou mais, ainda assim, são ideais como uma segunda ou terceira introdução em seu novo aquário.

Os Reis do aquário “Discus”

Mantenha Discus (Acará- Disco) no tipo errado de água e você vai testemunhar sua morte prematura.
Discus são peixes de água mole e quente, parâmetros que para um iniciante pode ser uma dúvida de como aquirir. Discus não apreciam muita turbulência na água e gostam de viver em cardumes, precisam de alimentação extra de origem viva. Além disso, qualquer mudança de pH pode ser fatal para um Discu. Um peixe recomendável para quem tem mais experiência no aquarismo, apesar da beleza das cores, deve ser bem estudado antes.


A fama dos Kinguios Resistentes

Muito se fala que Kinguios sãos os peixes mais adequados para aquaristas iniciantes por serem resistentes. Mas a coisa não é bem por aí, kinguios apesar de tolerarem uma gama maior da faixa de temperatura, quando comprados estão adaptados à temperatura regional, portanto mudanças bruscas de temperatura também irá desestabilizar o metabolismo desse peixe, causar estress e desencadear em doenças. Além disso, kinguios são realmente peixes sujões e não é a toa que levam a fama de “porquinhos do aquário”.  Eles comem bastante e se o aquarista não mantiver a regra da quantidade de alimento oferecida, irá superalimentá-lo e desestabilizar sua filtragem e por consequência terá má qualidade da água.

O problema com os Bettas

Bettas são peixes que apesar de serem fáceis de manter e não necessitarem de tantos cuidados é importante observar alguns fatores.
Bettas respiram por meio de um órgão no interior da cabeça, que permite a troca gasosa respiratória aérea, então o peixe pode respirar o oxigênio do ar e funciona como um canal estreito por onde o oxigênio passa chamado de Labirinto.
É muito importante entender isso, pois um Betta terá seu tempo de vida menor caso você o mantenha num aquário com muita água. Dizemos que a coluna d´água deve ser baixa, pois diminuirá a pressão no labirinto e facilitará a função da respiração sem comprimir o oxigênio que está sendo usado nesse processo.
Qualidade na alimentação também é um fator importante, e não exagerar em trocas de água, apesar do tamanho menor de aquário que viverão é de igual importância.
Recomendamos que um aquário para seu Betta não ultrapasse 20 litros (Nano) e, por favor, deixem os machos separados!

Os famosos Paulistinhas

Seu nome científico é Danio rerio, um peixe bem popular e muito bonito, recomendável para quem está começando por ser resistente. Além disso, são pacíficos e pequenos. Recomenda-se manter o aquário tampado pois são peixes de superfície e além de gostarem de nadar no alto do aquário, também são famosos por seus grandes saltos, muitas vezes com a má sorte de caírem fora do aquário. Vivem bem em cardumes, portanto adquirir uns 6 ou 7 deixará o ambiente mais amigável.

Replicantes Poecilídios

Nome estranho não é, mas Poecilídios são uma família de peixes que são famosos também por sua resistência.
Também não devemos exagerar e respeitar alguns cuidados com a espécie. Os Poecilídeos compreendem os Espadas, Platys, Guppys, Molinésia, dentre outros.
Poecilídeos são de fácil reprodução, são ovovivíparos, ou seja, os ovos são mantidos no ventre da fêmea e seus filhotes ao nascerem já saem formados com características adultas.

Cada espécie tem a sua exigência, por exemplo, Molinésias são peixes que pedem uma água mais alcalina e Salobra. Já Guppies nem tanto.
Espadas são bonitos, mas podem beliscar a cauda de peixes mais lentos que ele. Também costumam ser bons saltadores. Os Platys são perfeitos para se manter em aquários comunitários, pois são extremamente pacíficos e coloridos.


Espécies com cuidados na alimentação

Vamos falar da família dos peixes-gato. É geralmente o grupo das Corydoras sp.de peixes gato, que são muito escolhidos para aquários novos. A razão pela qual estes peixes não são adequados como primeiros moradores é que essa espécie é acostumada a se alimentar de algas e organismos vivos que se formam em um aquário já com biologia de meses, um aquário novo ainda não terá algas e biologia suficiente.  Além disso, para manter esses peixes em um ambiente confortável, é bom que sejam mantidos em grupos e se possível uma dieta alimentar variada de alimentos que afundam, congelados ou vivos. Em um novo tanque, a alimentação de todo um grupo com esses alimentos ricos em proteínas cria condições ideais para uma superdosagem de resíduos e um "choque do sistema", resultando em alto teor de amônia e nitritos.

De início evite peixes que têm hábitos alimentares específicos, tipo de alimentos extras irá adicionar mais resíduos para seu aquário, o que pode afetar a qualidade da água. Durante as primeiras 6-8 semanas os peixes preferencialmente devem ser alimentados com um alimento simples (ração de fábrica) de boa qualidade, após este período a dieta deve ser constantemente ajustada para incluir a maior variedade possível de nutrientes que cada espécie necessita, e neste ponto, podem ser adicionados peixes com necessidades de alimentação mais complexas.

E por último, não compre muitos peixes de uma vez. Embora possa parecer um ruim e triste olhar para um aquário quase vazio, é vital que você adicione peixes aos poucos e lentamente, ou você corre o risco de perder um grande número de peixes para doenças e má qualidade da água que poderá levar muito tempo para resolver. A quantidade e a frequência de peixe que você introduz dependem do tamanho e tipo de seu aquário e filtro.

E na dúvida pergunte ao lojista quanto tempo os peixes que você escolheu estiveram na loja. Qualquer peixe que tenha chegado há poucos dias deve ser evitado, o estresse extra de outra mudança de aquário irá ser um fator crucial para a saúde dele.

Na dúvida estamos à sua disposição, até breve.

Compartilhe:

CONVERSATION

0 comments:

Post a Comment